A guerra das religiões assemelha-se à luta de dois homens por uma mulher a quem nenhum dos dois dá a menor importância. (Lord Halifax)

.

.

.

.

.