Nenhum amor feneceu em razo do cime, pois ele e que faz juntar um fogo a outro fogo. (Fernandes de Leon)

.

.

.

.

.