Só nos lembramos de Deus quando queremos o impossível. (Albert Camus)

.

.

.

.

.